Ver perfil

Não ouse tentar matar os 4 P's de Marketing.

Revue
 
 

Felipe Barbosa: Produto & Marketing & Growth

22 de Março · Edição Nº5 · Ver na web
🚀 Product Marketing Manager na Cortex. 🌐 Embaixador da Product Marketing Alliance no Brasil. 💡 Compartilhando artigos e dicas de livros sobre Produto, Marketing, Growth e Negócios.

Algumas edições tiveram como destaque o P de produto, outras o P de Praça ou Promoção (distribuição e canais de crescimento) e essa vai ter uma reflexão sobre o Mix de Marketing, os famosos 4 P’s:
Preço, Promoção, Produto e Praça (que na real seria Distribuição mas infelizmente não começa com P).
Em outubro de 2015 eu escrevei um texto com o título “Growth Hacking é Marketing!” onde eu argumentava que não tinha essa distância que na época muitos queriam dar.
A parte central do argumento era analisar Growth Hacking no ponto de vista dos 4 P’s. Isso porque tudo que se falava sobre o lado tático e responsabilidades de um Growth Hacker poderiam ser alocados dentro do Mix de Marketing.
Se pegarmos as 3 categorias macro dessa news, uma é explicitamente 1 dos P’s (Produto), outra sobre a disciplina macro (Marketing) e outra que no dia a dia usará táticas que estarão dentro de algum dos P’s.
Ao longo do tempo tentam matar os P’s, tentam criar novos, tentam dizer que não presta mais. Mas essas pessoas estão erradas.
Nem ouse tentar matar o Mix de Marketing.
Você não vai conseguir.

Marketing
Attempts to update the four Ps are embarrassing - they've endured for a reason Attempts to update the four Ps are embarrassing - they've endured for a reason
Reinventing the Marketing 4Ps cartoon | Marketoonist | Tom Fishburne Reinventing the Marketing 4Ps cartoon | Marketoonist | Tom Fishburne
Essa edição merece ter esses dois links acima como destaque entre os links de Marketing.
In 2020, Two Thirds of Google Searches Ended Without a Click | SparkToro
A compact guide to pricing strategy
Estratégia de Go to Market: o que é e por que criar? | by Lança Produto | Mar, 2021 | Medium
Using Analytics to Align Sales and Marketing Teams
Growth
How to Run Your Growth Team Like a Scientist — Reforge How to Run Your Growth Team Like a Scientist — Reforge
The data maturity curve. Between the proliferation of data… | by Irene Bratsis | Feb, 2021 | DataDrivenInvestor
Don't Settle for Less Than 100% NRR from SMBs | SaaStr
Even With Just "Pretty Good Growth", You Can Build a Unicorn After $10m ARR | SaaStr
The Growth PM: bridging the gap between business, product & strategy
Produto
Banana slicers and pre-peeled oranges: “useless” products can help people with disabilities - Vox Banana slicers and pre-peeled oranges: “useless” products can help people with disabilities - Vox
Memo: The 2021 2PM Essential Reading List – 2PM
Who should be involved in tracking plan development?
No, You Can't Just Switch to a Usage-Based Pricing Model Overnight | OpenView
Strategyzer on Twitter: "Meet your project objectives faster and more efficiently with our Team Alignment Map! ✅ Download the FREE template: https://t.co/NjiM5w6IjK… https://t.co/SBj5IqcCDP"
Nuggets de Experimentos: como tornar acessível os resultados de seu discovery | by Michel Nassif | tech.revelo | Mar, 2021 | Medium
Por hoje é só, pessoal!
Uma coisa que eu gostaria que todos percebessem dessa newsletter é que, apesar de ter 3 categorias que nas empresas costumam estar separadas, na prática são extremamente conectadas.
Minha formação em Marketing é em primeiro lugar acadêmica. Primeiro aprendi a teoria durante a faculdade de Administração e depois me especializei em Marketing Digital logo quando começava a trabalhar na área.
Nenhuma empresa, por mais que conte uma história diferente, vai ter sucesso se não tiver um produto adequado ao mercado que quer atender e não ter definido como irá crescer.
E essas duas coisas fazem parte do que é a disciplina de Marketing.
Existe uma máxima clássica da área que é: Marketing é muito importante para ficar dentro de um departamento.
Todo mundo faz e se preocupa com Marketing de uma forma ou de outra. O que acontece é empresas se tornarem míopes quando ao longo das décadas passaram a reduzir os profissionais e as suas atribuições a coisas como comunicação ou promoção.
Gostaria que mais empresas colocassem seus times a terem interações mais próximas e recorrentes. Sejam eles definidos como Produto, Growth ou Marketing.
Até a próxima!
Felipe Barbosa
Curtiu essa edição?
Se você não quer mais receber essa newsletter, por favor cancele sua assinatura aqui.
Se você recebeu essa newsletter de alguém e curtiu, você pode assinar aqui.
Curadoria cuidadosa de Felipe Barbosa via Revue.